29/12/2017 13h55 - Atualizado em 29/12/2017 14h23

Governo anuncia investimentos em Divino de São Lourenço

Implantação do sistema de esgotamento sanitário e pavimentação de aproximadamente 13 quilômetros de rodovias estaduais. Os investimentos foram anunciados na manhã desta sexta-feira (29), pelo Governo do Estado, para o município de Divino de São Lourenço, na Região Caparaó. A assinatura da Ordem de Serviço para início das obras ocorreu na praça Dez de Agosto, no Centro da cidade.

Estavam presentes na solenidade o governador Paulo Hartung; o diretor de Engenharia e Meio Ambiente da Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), Amadeu Wetler; o secretário dos Transportes e Obras Públicas, Paulo Ruy Carnelli; o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Enio Bergoli; o prefeito de Divino de São Lourenço, Eleardo Aparício Brasil; a prefeita de Guaçuí, Vera Lúcia Costa; entre outras autoridades.

Com o Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem, o maior programa ambiental do Espírito Santo, a cidade e seu manancial terão esgoto coletado e tratado.  As obras vão gerar aproximadamente 50 empregos diretos e 150 indiretos. O Programa é inovador por realizar ações integradas para o uso coordenado da água, do solo e de recursos relacionados ao desenvolvimento sustentável.

O governador Paulo Hartung ressaltou a importância dos Programas das Água e da Paisagem para o Estado avançar em coleta e tratamento de esgoto. “Um programa deste mexe com as possibilidades dos municípios que têm forte vocação turística. Além disso, a cada real investido, significa uma economia de quatro reais em despesas com remédios, médicos, unidades de saúde e assim por diante. Isso é saúde preventiva”, declarou.

As ações do programa envolvem planejamento e gestão dos recursos hídricos e também de gestão de risco, com investimento específico para o saneamento ambiental. Uma inovação nesses projetos é que as ligações intradomiciliares, que unem a rede interna das residências à rede coletora implantada na rua, já serão feitas no decorrer da obra.

Segundo o diretor da Cesan, Amadeu Wetler, a importância do Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem é que ele vai sanear as cabeceiras dos rios destes municípios. O esgoto coletado e tratado traz qualidade aos mananciais e, no caso de Divino de São Lourenço, o Rio Veado, afluente do Rio Itabapoana, com o sistema de saneamento básico implantado, será limpo. “A Companhia vai além da implantação e manutenção do sistema. Realizamos a mobilização social, que envolve parcerias com a administração pública e entidades civis. Tratar o esgoto onde é gerado, devolvendo ao meio ambiente o recurso hídrico retirado com melhor qualidade, garantindo que rios, lagos e mananciais fiquem limpos são ações necessárias para assegurar que as gerações futuras possam usufruir deste recurso essencial à vida, a água”.

Municípios que fazem parte da Bacia do Itabapoana

A Bacia Hidrográfica do Rio Itabapoana abrange os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. No Estado, Divino de São Lourenço, na Região do Caparaó, é um dos municípios atendidos pela Bacia, por meio de um de seus afluentes.

No Espírito Santo: Totalmente os municípios de Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, São José do Calçado, Bom Jesus do Norte, Apiacá, Mimoso do Sul, e parcialmente Marataízes, Itapemirim, Muqui e Presidente Kennedy; no Estado de Minas Gerais os municípios: Alto Caparaó, Caparaó, Espera Feliz e Caiana; e parcialmente os municípios do Rio de Janeiro: Porciúncula, Varre-Sai, Bom Jesus do Itapaboana, Campos dos Goitacazes e São Francisco de Itabapoana.

Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem

O Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem abrange ações nas áreas de Recursos Hídricos e Gestão de Desastres; Eficiência dos Serviços e Ampliação da Cobertura de Esgotamento Sanitário e Gestão de Mananciais e da Cobertura Florestal.

O detalhamento de ações ambientais abrange a Elaboração do Plano Estadual de Recursos Hídricos; Elaboração de Planos de Bacia Hidrográfica; Estruturação da Rede de Monitoramento Hidrológico; Gestão da Linha de Costa; Cadastramento de Poços de Água Subterrânea; e Gestão de Riscos de Desastres e a ampliação do acesso aos serviços de esgotamento sanitário.

O programa será realizado em áreas estratégicas, urbanas e rurais, para o acesso igualitário e qualitativo dos recursos hídricos. Há investimentos programados para:  proteção e recuperação dos mananciais por meio de ações de fortalecimento da gestão hídrica; recuperação da cobertura florestal com a promoção de práticas sustentáveis de manejo da terra; ampliação da cobertura dos serviços de esgotamento sanitário; melhoria da eficiência do abastecimento de água; elaboração de Plano Diretor Metropolitano de manejo de águas urbanas; gestão integrada de risco de desastres, incluindo a melhoria da capacidade de resposta do Estado aos eventos extremos da natureza.

Pavimentação Rodovias ES 185 e ES 493, no Caparaó

Com a assinatura da ordem de serviço para a pavimentação do trecho de 12,6 quilômetros das rodovias ES 185 e ES 493, entre o município de Divino de São Lourenço e o Distrito de São Tiago, em Guaçuí, a população local verá um sonho se transformando em realidade. A pavimentação da via trará mais conforto e segurança aos moradores e aos turistas que se deslocam e frequentam a Região do Caparaó, grande ponto turístico do Estado. Alguns trechos das duas rodovias já são pavimentados, mas receberão uma nova camada asfáltica. Outros serão asfaltados.

“Não temos dúvidas que essas duas rodovias trarão mais agilidade e segurança aos produtores dessa região, bem como à população que necessita se deslocar no dia a dia para os simples afazeres, como ir ao comércio, aos bancos ou passear. O investimento que o Governo está fazendo comprova que é possível progredir e cuidar do bem-estar da população quando se tem planejamento e responsabilidade, mesmo em época de crise”, afirmou Enio Bergoli.

A obra está orçada em R$ 19 milhões e outro benefício é a facilidade que trará aos produtores das duas cidades, pois as rodovias são importantes meios de ligação entre os dois municípios e utilizadas no escoamento das produções de café, leite e também a pecuária, as principais atividades econômicas da região. Além disso, facilitará o tráfego para os moradores das comunidades próximas, que serão diretamente beneficiadas com a retomada das obras, como Córrego da Felicidade, São José, Córrego da Piedade, Mato Dentro, Pavão, Fazenda Aparecida e diversas associações que estão localizadas bem próximas da rodovia.

Com a conclusão da obra os turistas que vêm principalmente de Minas Gerais com destino à região do Caparaó poderão acessar as novas rodovias a partir da BR 482 e seguirem com destino a outros municípios como Alegre, Dores do Rio Preto e Ibitirama.

Informações à Imprensa: 

Coordenadoria de Comunicação Empresarial da Cesan

Marcia Brito – 2127-5016 / 99865-5690

Raquel D´Ávila – 2127-5071 / 99909-7311

Charley Fernandes – 2127-5022 

comunica@cesan.com.br www.cesan.com.br

Informações à Imprensa:

Assessoria Comunicação / DER-ES

Felipe Mansur Valinho

3636-4404 / 99929-8211 / 99754-8048 / felipe.valinho@der.es.gov.br

Waldson Menezes

3636-4404 / 9999-20061

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard