04/08/2017 17h30 - Atualizado em 04/08/2017 19h25

Rodovia José Sette: Obras que transformam e trazem progresso

A Rodovia José Sette está em obras de reabilitação no trecho entre o Trevo de Alto Lage até a subida de Tucum, em Cariacica, que em parte coincide com a Rodovia ES 080. Uma intervenção do Governo do Estado que vai humanizar o trânsito de pedestres, ciclistas e veículos na região.

O trecho em questão está com o pavimento em fim de vida útil, o que agrava a situação em períodos chuvosos. A operação tapa-buracos somente é eficiente após a secagem da via. Isto porque, a pista úmida não gera condição técnica para a massa asfáltica aderir ao pavimento. O último mês de julho registrou a maior média consecutiva de dias chuvosos em 55 anos. Por esse motivo, houve a necessidade de esperar alguns dias para não desperdiçar recursos públicos, que são de todos e que estão escassos nesses tempos de crise, que assola o país.

Assim, a operação tapa-buracos, sempre que necessária, ocorre concomitante à obra de reabilitação, mesmo em locais onde será realizada nova pavimentação daqui a algumas semanas, a fim de minimizar os impactos para quem utiliza a via.

Na tarde desta sexta-feira (04), em condições climáticas mais favoráveis, o Departamento Estadual de Estada de Rodagem (DER-ES) realizou uma operação tapa-buracos no trecho.

Mais conforto e segurança

Mais do que uma obra de pavimentação rodoviária, esses quase cinco quilômetros da via em trecho urbano terão drenagem e oito quilômetros de rede de saneamento. Para melhorar a mobilidade das pessoas, serão implantadas calçada cidadã em toda a extensão, faixa de multiuso onde for possível, além de toda a sinalização para garantir a segurança para quem vive nas comunidades e para quem transita no entorno.

Esse é um pequeno resumo do Contrato em andamento. A responsabilidade fiscal, a organização e o equilíbrio das contas públicas possibilitaram ao Governo do Estado a garantia de recursos de financiamento para esse importante investimento.

“Todas as obras urbanas são de execução complexa, principalmente porque há muitas interferências, como redes de energia, água, de dados, ligações legais e clandestinas. E todo o cronograma de obras leva em conta que as pessoas e os veículos precisam transitar durante as intervenções. Em nenhum momento, interrompemos ou iremos interromper esse fluxo de veículos e de pessoas”, declara o diretor-geral do DER-ES, Ênio Bergoli.

 “Nossa equipe e nossos colaboradores continuam trabalhando duro, sempre dialogando com as lideranças das comunidades, para que tenhamos uma Nova Rodovia José Sette, com saneamento, drenagem e melhor acessibilidade, tanto para quem passa, quanto para quem vive por ali”, finaliza Bergoli.

Informações à Imprensa:

Assessoria Comunicação / DER-ES

Waldson Menezes waldson.menezes@der.es.gov.br

3636-4404 / 99754-8048

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard