19/10/2017 11h44 - Atualizado em 19/10/2017 11h50

Serra de Castelo recebe nova sinalização

Motoristas que trafegam pela Serra de Castelo (ES 166) – também conhecida como Serra dos Cabritos – já sentem diferença no visual da sinalização vertical e horizontal da via. Equipes do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-ES) estão reforçando a sinalização com a implantação de novas placas de advertência e indicação de velocidade, além de pinturas das faixas centrais e tachões.

Os trabalhos estão sendo executados no trecho mais sinuoso da serra, começando no acesso à Comunidade de São Manoel, passando pela entrada da Fazenda do Centro, importante patrimônio histórico de Castelo, terminando na ponte de Caxixe. Entretanto, o percurso da rodovia, que vai de Castelo até Venda Nova do Imigrante, continuará recebendo manutenção na sinalização e, aproximadamente, 30 novas placas serão instaladas ao longo desse trecho.

“O reforço na sinalização irá aumentar significativamente a segurança do usuário. O objetivo é diminuir os riscos de acidente no local, bem como em toda a rodovia”, afirmou Roger Castilho Soares, engenheiro responsável pelos serviços de conservação nas rodovias da região

A rodovia é muito utilizada por turistas que vêm até Castelo visitar o Parque Estadual de Forno Grande. No feriado de Corpus Christi, turistas visitam a cidade para ver os famosos tapetes religiosos. Os praticantes de voo livre podem desfrutar da Rampa do Alto Chapéu, Rampa de Apeninos e Rampa de Ubá, essa última considerada pelos voadores como “O Havaí do Parapente” e que é palco de campeonatos nacionais e internacionais.

As implantações e pinturas da sinalização na Serra de Castelo começaram na segunda quinzena de setembro e deverão terminar até o final deste mês. Nesta semana, o prefeito de Castelo, Luiz Carlos Piassi, visitou a sede regional do DER e elogiou o trabalho que o órgão vem fazendo na conservação das estradas estaduais que cortam o município.

O diretor-geral do DER-ES, Enio Bergoli, destaca que o reforço na sinalização é um dos fatores para que se tenha um trânsito mais seguro. “O Governo do Estado, por meio do DER-ES, mantém um trabalho contínuo de monitoramento e conservação das rodovias estaduais. Mas é preciso que todos os condutores tenham uma postura consciente e cuidadosa. Um trânsito seguro depende de todos”, diz.

Informações à imprensa:

Assessoria Comunicação / DER-ES

Felipe Mansur Valinho

3636-4404 / 99929-8211 / 99754-8048 / felipe.valinho@der.es.gov.br

Waldson Menezes

3636-4404 / 9999-20061 / waldson.menezes@der.es.gov.br

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard